30 de jan de 2011

Sonhos

...ela tirou meus dias
me fez perder meus caminhos
encontrei meu quarto escuro um motivo para náo sair
encontrei novamente em minha vida a perdição
o inferno é náo encontrar o caminho alcançado
desiludido em seus caminhos perigosos
acordo, olho no espelho, e náo mais á vejo
eu qria ter filhos, um montão de filhos
e na primavera quando meu peito esquentar
estaremos juntos outra vez molhados de suor
nosso lago de amor e de suor
seu sorriso me excita
seu olhar me alucina, me enlouqueçe
essa voz na minha cabeça esta indo embora
náo quero lembranças
quero deixar esse copo vazio e não mais fumar
quero esperanças
quero ver o amanhã com vc
quero vc que nem sempre está perto
embora longe de ser quem eu preciso de certo
penso as vezes q seriam as loucas coisas do coração
que de certa forma nunca tive nem dominio
e nem ela teve razão

Nenhum comentário: