16 de dez de 2011

Por detrás das cortinas...


Por detrás do mundo em que vivemos, muito lá atrás, em último plano, existe um outro mundo; a sua relação recíproca assemelha-se à que existe entre as duas cenas que acontece vermos no teatro, uma por detrás da outra. Através de uma leve cortina, distinguimos como que um mundo de gaze, mais leve, mais etéreo, de uma outra qualidade que a do mundo real. Muitos daqueles que deambulam em carne e osso pelo mundo real não lhe pertencem, mas sim ao outro. Perder-se assim a pouco e pouco, sim, quase desaparecer da realidade, pode ser saudável ou mórbido. Relativamente suas escolhas primeiras, sempre despreparadas, para uma escolha única, um caminho do qual fará você reaparecer ou encontrar a si mesmo, perdendo a vida ou somente a maquiagem.

7 de dez de 2011

K. W.


…as vezes dificil resistir a tantas coisas que acontecem ao mesmo tempo, algumas canções me fazem lembrar o quanto era bom sonhar, acreditar, na verdade tudo pode realmente acontecer, mas não do jeito que esperamos que aconteça, talvez o Sr. Abreu tenha razão, as vezes precisamos de outros lugares, outras pessoas e bebidas mais fortes, ou como sempre digo “o doce não seria tão doce sem o amargo”, acordamos novamente para várias situações em nossas vidas nas quais tomamos diferentes decisões e carregamos lembranças e várias outras incógnitas, procuramos sempre um motivo ou algo que nos preencha e nos dê uma nova motivação para continuar a sobreviver. Nesses últimos tempos sobrevivi a tantas coisas, tantos conflitos e situações das quais perdi o controle, mas sempre mantive a positividade, a alegria de estar vivo a cada dia, de poder ser eu mesmo e como disse Sartre, “satisfazer a necessidade que eu tinha de mim mesmo”, vivo sempre a procura, poderia até ser garoto propaganda do Johnnie Walker, keep walking, mas acho que não tenho mais nada de garotão, larguei minha “metralhadora” e estou apenas a espreita e tenho apenas poucos tiros, raro hoje em dia algo me surpreender como antes, talvez sejam as pessoas em seu grande “vazio” de significados e intensidades insignificantes, ou talvez seja eu mesmo, que culpo tanto o “vazio” existente nas pessoas e esqueço que meus pensamentos são de alguém que acumulou cicatrizes durante a vida e que descobriu que os sonhos são os verdadeiros motivos para se viver, mesmo sabendo da grande incerteza do amanhã, minha ótica é sempre lutar.

2 de nov de 2011

.......


E o tempo passa, e as coisas vão perdendo o sentido, o valor, talvez seja nosso maior aliado, o tempo, acho que nada resiste ao tempo, e eu que acreditei no amor, na pessoa que apareceu em minha vida, seduzido e entregue a ela que era tudo pra mim e infelizmente se foi....sofrer e perder faz parte do amor, da dor, da vida dura que precisamos enfrentar. Sei que sempre existirá alguem que não será como você, tomara que não tenha os seus defeitos, mas se tiver o amor que há de vir nada poderei fazer a naó ser tentar amar novamente.
"Tenho medo de já ter perdido muito tempo. Tenho medo que seja cada vez mais difícil. Tenho medo de endurecer, de me fechar, de me encarapaçar dentro de uma solidão -escudo".

29 de out de 2011

A dor da perda...



Enganar-se a respeito da natureza do amor é a mais espantosa das perdas. É uma perda eterna, para a qual não existe compensação nem no tempo nem na eternidade: a privação mais horrorosa, que não é possível recuperar nem nesta vida... nem na futura!

20 de out de 2011



Fascinante mesmo são acontecimentos inesperados, fantasmas que do nada aparecem com ilusões, será?... Talvez seja verdade, talvez o que tenha acontecido foi somente contexto e tempos diferentes, éramos jovens quando aconteceu, ela era prometida até seu coração se perder em mim, foi intenso, um mergulho em nós mesmos. Más acabou, caí, me perdi, mas consegui me reerguer, me fortalecer, pensar mais em mim, até ser eu a me perder......................., a me apaixonar e me entregar a um amor puro, ela era meio caladinha, sem muitas respostas, mas me olhava nos olhos e me fazia perder toda a noção do que estava a minha volta, só queria abraça-la e sentir seu corpo em meus braços, ter filhos, me casar em qualquer ordem em qualquer lugar ou maneira, mas estar sempre ao seu lado, me lembro muito de um vídeo de Joseph Climb ou algo assim que apareceu no Jô Soares, perseverando e vencendo batalhas perdendo partes de seu corpo, pode até parecer meio aterrorizante mas é uma piada na verdade. Enfim novamente me surpreendi com esse amor avassalador daqueles que me sentia um adolescente, rsrs, esse é o lado ruim dos aventureiros, a queda em velocidade maior, rsrs... Ainda voltei a tentar, mas, novamente ela mostrou e conseguiu provar que tudo o que dizia sobre mim era pura mentira, eu, como acredito em milagres ainda fui tentar recuperar e abrir meu coração com esperanças e sentimentos à sua espera, surpreendentemente consegui, transbordei em felicidade, viajamos na mesma hora para acampar, tocar, nos divertir e nos reencontrarmos como homem e mulher e reviver o paraíso e o céu de estar ao seu lado como homem da sua vida, rsrs, como você mesma diz, rsrs, bom ouvir isso. Dirigia como se estivesse nas nuvens, uma nova canção, eu olhava sempre não conseguindo manter a seriedade, sorridente, feliz, segurava em sua mão, seus longos cabelos com o vento cobria meu rosto, eu não conseguia ficar longe nem por um momento até a canção acabar, não a do rádio, mas a de nossa vida, que nos aproxima e nos faz sofrer com a distância. Até ao seu lado não poder mais estar por confusão de sua cabeça, ouvir você dizer que não tem certeza de nada na sua vida, dizer que não tem certeza do que sente por mim e por mensagem terminar algo sólido, quebrar promessas, sonhos, construir cicatrizes em meu peito, tirar meu ar, matar o eu ao seu lado e curtir sua vida de boneca, seu mundo mágico que gira em torno de você como a lua nos cobria em nossas aventuras, no mar, na cachoeira fazendo amor... não posso mais sofrer essa perda, novamente essa perda.
Porque eu ainda não me encontrei...

16 de out de 2011

.......


…nada é como antes, nada tem mais aquele valor inocente e puro, hoje nascemos sujos por consequencia de pecados de carater humano, que todos nós provavelmente teríamos feito, agora não precisa nem mais uma presença, tudo por mensagens sem olhar diretamente nos olhos, posso até ser considerado antiquado mas sou intenso e preciso dessa mesma intensidade refletida em suas atitudes, fazer é diferente de esperar que alguém faça por você, as decisões precisam ser únicas, sem estepe, porque a vida continua e naó temos dois corações...

2 de out de 2011

Keep Walking...


Aconteceram tantas coisas, tantas mudanças, tantos planos, realizações, no inicio fiquei ferido, um pouco revoltado, mas lembrei de algumas coisas que vivi e ouvi durante esses anos, Deus não nos tira coisas, Ele nos livra delas, sentimentos perdidos, promessas desfeitas, você aprende a enxergar coisas diferentes de um mesmo lugar, talvez uma mesma atitude. Comecei realmente a me amar, a cuidar de mim, do meu jardim, o problema é que parei de esperar a borboleta certa, sei que não existe apesar de sonhar e ter esperado por toda a vida. Engraçado como todos os valores e amores a nossa volta se perde, por opção, por destino, por tristeza de não saber cuidar. Cansei de encontrar "vândalos" em meu jardim onde sabotam e julgam o belo, que na verdade não é visto por ninguém pois não conseguem ver nada além dos que seus olhos possam conduzir. Talvez uma estética dionisíaca que pelos excessos procura chocar a si mesmo em uma tentativa de borrar tudo o que contribui e desvia o seu olhar de dentro de mim....

30 de set de 2011


There is a pleasure in the pathless woods,
There is a rapture on the lonely shore,
There is society, where none intrudes,
By the deep Sea, and music in its roar:
I love not Man the less, but Nature more,
From these our interviews, in which I steal
From all I may be, or have been before,
To mingle with the Universe, and feel
What I can ne'er express, yet cannot all conceal.



Há nas matas cerradas um prazer
Há nas encostas solitárias um arrebatamento,
Há sociedade, onde ninguém pode intrometer,
Pelo mar profundo, e música em seu lamento:
Eu não amo menos ao Homem, mas à Natureza mais,
Dessas nossas entrevistas, nas quais capturo
De tudo que eu possa ser, ou tenha sido tempos atrás,
Para me misturar ao Universo, e sentir puro
O que nunca posso expressar, ainda que não possa esconder

Lord Byron

23 de set de 2011


NÃO PRECISAMOS DE EDUCAÇÃO
 
NÃO PRECISAMOS DE PROFESSORES
AFINAL......
PARA QUE SER UM PAIS DE 1° MUNDO SE ESTA BOM ASSIM.
Ronaldinho Gaúcho: R$ 1.400.000,00 por mês.
"Homenageado na Academia Brasileira de Letras"... LETRADO ELE

Tiririca: R$ 36.000,00 por mês, fora os auxílios e mordomias;
"Membro da Comissão de Educação e Cultura do Congresso"...COMO DIZ OS GAUCHOS
- TCHÊ...  QUE TAL?
TRADUZINDO, O SALÁRIO DO PALHAÇO AI, PAGA SÓ 30 PROFESSORES, E PARA AQUELES QUE ACHAM QUE EDUCAÇÃO NÃO É IMPORTANTE, CONTRATA O TIRIRICA PARA DAR AULA PARA SEU FILHO.

Um funcionário da Sadia (nada contra) ganha hoje o mesmo salário de um ACT ou um professor iniciante, levando em consideração para trabalhar na empresa você precisa ter o fundamental, ou seja, de que adianta estudar, fazer pós e mestrado?

Piso Nacional dos professores: R$ 1.187,00...
Moral da História:
Os professores ganham pouco, porque só servem para nos ensinar coisas inúteis como:
ler, escrever e pensar.
Sugestão:
Mudar a grade curricular das escolas, que passaria a ter as seguintes matérias:
- Educação Física: Futebol
- Música: Sertaneja, Pagode, Axé
- História: Grandes Personagens da Corrupção Brasileira
Biografia dos Heróis do Big Brother
Evolução do Pensamento das "Celebridades"
História da Arte: De Carla Perez a Faustão
- Matemática: Multiplicação Fraudulenta do Dinheiro de Campanha
Cálculo Percentual de Comissões e Propinas
- Português e Literatura:
??????????????????????? Para quê??????????? ???????????
- Biologia, Física e Química:
Excluídas por excesso de complexidade

Está bom ou quer MAIS!!!!!!!!!!!!!
ESSE É O NOSSO BRASIL!!!!!! 
PASSEM 
ESTA MENSAGEM A TODOOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
 


Olha o absurdo no Rio de Janeiro (que não é diferente no resto do Brasil)
BOPE R$ 2.260,00........................ para Arriscar a vida; 
Bombeiro R$ 960,00.....................para Salvar vidas;
Professor R$ 728,00.....................para Preparar para a vida;
Médico R$ 1.260,00........................para Manter a vida;
E o Deputado Federal?
Ganha R$ 26.700,00 para FERRAR a vida de todo mundo!

12 de set de 2011

Amor (fogo e lenha)

O problema talvez seja pagar pouco e querer muito, esperar demais sem fazer nada pelo que quer, não percebe que um é fogo e o outro é lenha, cada medida que me queimo vejo você se doar, pra não matar esse mundo só nosso, onde o cartão de entrada é o "amor" e tudo se faz por ele. Talvez ai esteja o problema, o tal do "amor", que vira dor, vira lágrimas, as vezes ódio, simplesmente por aquilo não existir dentro de quem sentimos e queremos que sinta o mesmo, na verdade um pouco mais (do que eu) para tentar equilibrar meus excessos.
Amo demais sem me saciar.

9 de set de 2011

Sempre tentamos seguir algo que aprendemos nessa vida, coisas que nos servirão de exemplo para evitar certos erros que poderiam acontecer novamente, burrice, melhor dizendo, mas existem momentos em que você viveria, reviveria, pagaria qualquer preço para eternizar aquele instante maravilhoso, onde realmente existem poucos por mim até agora vividos, vivenciados, que se comparam ao que sinto quando vem de você, essa entrega, essa vontade de sentir nossa proximidade, ...., enfim, reviver isso seria viver novamente momentos felizes e contraditórios, estranho!? 
Estranheza insuficiente para segurar tal desejo insaciável de ter você novamente, e que seja "eterno enquanto dure", sem medir os momentos, apenas intensamente sentir você, provar você, beijar seu corpo, sentir sua pele, rios de suor escorrem dentre vontades intensas de sentir seu corpo colado ao meu.......................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

25 de ago de 2011

Gilvander Luís Moreira

No dia 16 de agosto de 2011, à tarde, participei de mais uma Grande Assembléia Geral das/os professoras/res da Rede Estadual de Educação do Estado de Minas Gerais, na Praça da Assembléia Legislativa, em Belo Horizonte, MG, Brasil. Essas trabalhadoras/se estão em greve há 70 dias (desde 08/06/2011) e decidiram manter a greve por tempo indeterminado. Era um mar de educadores! Cabe então a seguinte pergunta: essa greve é justa ou é condenável até mesmo em vista da longa duração?
Vejamos. Em Minas, há 3.700 escolas estaduais. Professor/a da Rede Estadual de Educação de Minas Gerais, com nível médio de escolaridade ganha, como vencimento básico, R$369,00; e com licenciatura plena, R$550,00. Diz o governo: “Além do vencimento básico, há gratificações e subsídios.” De acordo com o Ministério da Educação, o Piso Salarial Nacional, instituído pela Lei Federal 11.738/08, é, hoje, R$1.187,00 e, de acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE -, deveria ser R$1.597,87. Relatório técnico do Tribunal de Contas do Estado comprovou que o Governo de Minas não investe o percentual constitucional de 25%[2] em educação pública. Na ADIN[3] 3.106, o Supremo Tribunal Federal – STF - reconheceu a inconstitucionalidade da compulsoriedade da contribuição descontada no contracheque das/os professoras/res de 3,2% (assistência médica) do IPSEMG[4]. Em 2001, o Estado de Minas investia 30,57% em educação e em 2010 este percentual caiu para 16,08%.
O STF, em 06/04/2011, ao julgar a ADIN 4.167 definiu a composição do Piso Salarial: vencimento básico inicial da carreira do professor de nível médio de escolaridade, excluídas quaisquer vantagens e gratificações e deve ser aplicada uma proporção aos demais níveis e cargos da carreira. Logo, o governo de Minas está desrespeitando a Lei Federal 11.738/08, pois não está pagando o Piso Salarial Nacional.
A luta dos professores é pelo Piso Salarial Nacional: se não R$1.597,87, pelo menos R$1.187,00. Piso é piso – o mínimo -, não é teto. O governador de Minas, Sr. Antonio Anastasia, (PSDB + DEM) insiste em manter – fala até em aumentar – o subsídio, mas subsídio é subsídio, é ajuda complementar que pode ser retirada a qualquer momento.
O ponto dos grevistas foi cortado e o Governo mandou contratar professores, de forma precária, para substituir os educadores no 3º ano do segundo grau.
Em vez de investimento em políticas sociais públicas - moradia popular, reformas agrária e urbana, saúde pública, educação pública, preservação ambiental, economia popular solidária, transporte coletivo público, os governos Federal e Estadual estão canalizando os recursos públicos para a repressão, em nome da defesa social. Prisões e mais prisões estão sendo construídas, verdadeiras masmorras, campos de concentração. A cada dia cegonhas lotadas descarregam viaturas policiais. Policiais por todo lado. É a militarização da sociedade. Segue-se um projeto de encarceramento de massas – pobres, negros e jovens.[5] Em João Pinheiro , MG, cidade de 70 mil habitantes, por exemplo, após a construção de uma penitenciária com capacidade para 193 presos, muitos professores da Rede Estadual de Educação fizeram concurso para serem agentes penitenciários. Um professor, que a contragosto se tornou agente penitenciário, disse: “como professor não tinha mais condições de manter minha família. Como agente penitenciário, ganho acima de dois mil reais por mês.”
A greve está se fortalecendo por vários motivos. O Sindicato dos Trabalhadores da Educação – SINDUTE – está muito bem organizado. A remuneração injusta está causando grande sofrimento para as/os educadoras/res e para as suas famílias. Dezenas de outros sindicatos e dezenas de movimentos sociais populares, do campo e da cidade, engajaram na luta dos professores. Pelo exposto acima, percebo que a greve das/os professoras/res da Rede Estadual de Educação de Minas é justa e legítima.
Governador Antonio Anastasia, o ano letivo de 2011 dos estudantes será perdido? Se isso acontecer está claro que a responsabilidade não será dos professores que lutam justamente. A culpa é do Governo de Minas Gerais, contraditoriamente representado por um professor!
Belo Horizonte, 18 de agosto de 2011

22 de ago de 2011

Ausência...


Eu deixarei que morra em mim o desejo
de amar os teus olhos que são doces
Porque nada te poderei dar senão a mágoa
de me veres eternamente exausto
No entanto a tua presença é qualquer coisa
como a luz e a vida

E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto
e em minha voz a tua voz
Não te quero ter porque
em meu ser está tudo terminado.
Quero só que surjas em mim
como a fé nos desesperados

Para que eu possa levar uma gota de orvalho
nesta terra amaldiçoada
Que ficou sobre a minha carne
como uma nódoa do passado.
Eu deixarei ... tu irás e encostarás
a tua face em outra face

Teus dedos enlaçarão outros dedos
e tu desabrocharás para a madrugada
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu,
porque eu fui o grande íntimo da noite
Porque eu encostei a minha face
na face da noite e ouvi a tua fala amorosa

Porque meus dedos enlaçaram os dedos
da névoa suspensos no espaço
E eu trouxe até mim a misteriosa essência
do teu abandono desordenado.
Eu ficarei só
como os veleiros nos portos silenciosos

Mas eu te possuirei mais que ninguém
porque poderei partir
E todas as lamentações do mar,
do vento, do céu, das aves, das estrelas
Serão a tua voz presente, a tua voz ausente,
a tua voz serenizada.



Vinicius de Moraes

O discurso...

Eu devo fazer, e nos que aqui terei de fazer, durante anos talvez, gostaria de neles poder entrar sem se dar por isso. Em vez de tomar a palavra, gostaria de estar à sua mercê e de ser levado muito para lá de todo o começo possível. Preferiria dar-me conta de que, no momento de falar, uma voz sem nome me precedia desde há muito: bastar-me-ia assim deixá-la ir, prosseguir a frase, alojar-me, sem que ninguém se apercebesse, nos seus interstícios, como se ela me tivesse acenado, ao manter-se, um instante, em suspenso. Assim não haveria começo; e em vez de ser aquele de onde o discurso sai, estaria antes no acaso do seu curso, uma pequena lacuna, o ponto do seu possível desaparecimento.

15 de ago de 2011

Algumas curiosidades de Platão...


Em 428 a.C. (ou 427 a. C., não se sabe ao certo), pouco tempo após a morte de Péricles (estadista ateniense; foi durante o seu período que Atenas viveu o auge da sua democracia), nasce em Atenas aquele que por muitos é considerado o maior filósofo da Antigüidade: Platão. Sua família era muito tradicional, sendo muito de seus membros pessoas eminentes na política. Só para citar um exemplo, ele era descendente de Sólon, que foi um dos maiores legisladores de Atenas. Como era muito comum entre os atenienses de seu tempo, Platão desde cedo se interessou pela política. Ainda em sua juventude, Platão conhece e torna-se um discípulo de Sócrates, por quem foi profundamente influenciado em sua filosofia.

Quando, em 399 a.C., Sócrates é julgado e morto, aprofunda-se em Platão a descrença nos rumos políticos da democracia ateniense (essa crítica à democracia ateniense foi uma de suas preocupações centrais durante a sua vida). Após a morte de seu mestre, Platão resolve viajar. Vai à Magna Grécia (que hoje seria o sul da Itália) onde conhece Arquitas de Tarento, um sábio- governante que inspira em Platão um modelo de governante para a solução dos problemas políticos. Ainda durante essa viagem, Platão vai a Siracusa, cidade-Estado localizada na Sicília, onde conhece e torna-se amigo de Dion, cunhado de Dionísio, tirano da cidade. É nessa cidade que Platão tenta aplicar suas idéias sobre política. Mas nada consegue. Ainda durante essa viagem, Platão vai ao Egito, mas o que aconteceu durante essa jornada é praticamente desconhecido. É nessa época que Platão escreve seus primeiros Diálogos e, provavelmente, começa a escrever República, uma de suas maiores obras. Os Diálogos dessa fase são considerados "socráticos", como a Apologia de Sócrates e Eutífron.

Por volta de 387 a.C., já em Atenas, Platão funda sua Academia, que era um instituição de ensino que concebia o conhecimento como algo vivo e mutável e não como algo a ser decorado e passado adiante (bem que as escolas atuais poderiam se inspirar nessa concepção platônica de conhecimento e ensino). A fundação da Academia é considerada um marco na história do pensamento ocidental. Durante vinte anos Platão dedica-se ao ensino e às suas obras. Desse período são os Diálogos considerados de "transição", como Fédon, Banquete, República, Fedro. Essa fase é considerada uma transição da filosofia socrática de Platão para uma filosofia mais pessoal, mais desvinculada de seu mestre.

Em 367 a.C., Dion chama Platão de volta à Siracusa: Dionísio I havia morrido e seria sucedido por Dionísio II. Platão vê nessa situação a chance de mudar o rumos políticos da cidade, ou seja, preparar o novo tirano para expulsar os cartagineses da Sicília. Essa segunda viagem de Platão foi fracassada, pois ele não consegue realizar seus intentos junto a Dionísio II. Ainda mais uma vez Platão seria chamado a Siracusa e mais uma vez sua viagem seria fracassada.

Acabada sua tentativa de intervir na vida política de Siracusa, Platão retorna à sua Academia para retomar a produção de sua obra. Essa última fase de sua obra pode ser considerada a fase do amadurecimento de sua filosofia, além de definir, definitivamente, as fronteiras entre o seu pensamento e o de seu mestre Sócrates. É nessa fase que podemos ver sua visão do mundo das idéias em sua plenitude. (Só para localizar quem está lendo essa biografia e nunca soube nada sobre a filosofia de Platão, cabe aqui uma rápida explicação: o mundo das idéias seria o lugar da onde tudo que conhecemos teria nascido, só que esse mundo é invisível. Tudo aquilo que podemos ver é somente uma cópia imperfeita desse mundo das idéias). São dessa fase obras como Timeu, Crítias e a inacabada Leis.

Platão morreu em 348 a.C. (ou 347 a.C.), cerca de dez anos antes de Felipe da Macedônia conquistar a Grécia. Isso mostra que talvez ele estivesse certo em criticar a democracia e a política ateniense de uma maneira geral, mas isso não cabe a nós julgarmos. Mas um dos maiores ensinamentos que ele nos legou é justamente um que mais falta em nossos dias: para Platão, o conhecimento constrói-se a partir de uma junção entre intelecto e emoção. Para ele, a ciência, o conhecimento são frutos de inteligência e amor.

23 de jul de 2011

Vontade de potência...



…“Para quê?” vem do uso, até hoje dominante, graças ao qual o fim parecia fixado, dado, exigido de fora, quer dizer, por alguma autoridade supra-humana. Quando desaprenderam a crer nessa autoridade, procuraram, segundo uso antigo, outra que soubesse falar a linguagem absoluta e ordenar designos e encargos. A autoridade da consciência é agora sobretudo, uma compensação para a autoridade pessoal (quanto mais a moral se emancipa da teologia mais se toma imperiosa). Ou então é a autoridade da razão. Ou instinto social. Ou ainda a história com seu espirito imanente, que tem o seu fim em si própria, e á qual podem confiadamente se entregar..... dentre o risco que poderiam correr ao marcar uma finalidade para si mesmos.....


21 de jul de 2011

Algumas verdades...



O homem  não consegue perceber que, 
apesar de toda a sua racional ização e 
toda a sua eficiência,
continua possuído por 'forças' além do
seu controle. Seus deuses e demônios
absolutamente não desapareceram; têm
apenas novos nomes. E conservam-no
em contato íntimo com a inquietude,
apreensões vagas, complicações
psicológicas, uma insaciável
necessidade de pílulas, álcool, fumo,
alimento e, acima de tudo, com uma
enorme coleção de neuroses.


Jung

17 de jul de 2011

Laje na estante...



Por varias vezes tento reviver alguns momentos que acho simplesmente mágicos. Por varias vezes tento revive-los, transcreve-los,  busca-los e náo espero  muito deles mais, pq sei q náo posso sentir sua plenitude novamente e que eles foram táo especiais que doi tanto lembra-los......
Por várias vezes tentar que vivo de certa forma, sem me arrepender de náo ter tentado, igualar a si o que náo poderia nunca ser de tal forma.

Aventura/
Cada dia mais....
Acabei de relembrar que não quero mais ir embora....

8 de jul de 2011

Vento no litoral


De tarde quero descansar
Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda esta forte
E vai ser bom subir nas pedras
Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...
Agora está tão longe
ver a linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção
Aonde está você agora
Alem de aqui dentro de mim...
Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você esta comigo
O tempo todo
E quando vejo o mar
Existe algo que diz
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem...
Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos,
Lembra que o plano
Era ficarmos bem...
Sei que faço isso
Pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

29 de jun de 2011

Visões e respostas sobre as verdades de um mundo incompleto...

Talvez a muralha seja todos os problemas, cada tijolo uma decepção, uma frustração e todos criados pelo homem. Começam com um sentimento puro ate se arruinarem por fatores externos, se deixam contaminar por pessoas que não fazem parte desse mundo e além de se abrir expondo-se á todos e a tudo, param de lutar e descobrem que o amor que tantos clamam e querem, se perdeu por não ter cuidado ou se entrega por algo que todos querem mas escondem e dizem que não é a melhor escolha.
Ai concordo com Bob Marley que os sonhos eram realmente possíveis, as pessoas que eram relativamente pequenas por não enfrentarem os obstáculos á caminho da conquista.

22 de jun de 2011

hã?


...essa tal muralha que pode ser vista da lua, seria apenas uma cicatriz de uma forte desilusão que nos separou definitivamente. Não poderia restar apenas um buraco e sim uma real cicatriz que divide onde estou de onde estava, talvez melhor dizendo, ilusões e realidade. Vivi por muito tempo de ilusões e sonhos que nunca me levaram á lugar algum e mesmo assim seria muito pior despreza-los, de certa forma nos incentiva, nos faz arriscar, lutar e morrer, porque realizar por completo todos é uma forma de sonhar mais alto. No fim morremos de fato, mas somente por um aspecto, acordamos aprendendo a enxergar como a vida realmente nos ensina e é de uma forma bruta e cruel. Toda a mídia enchendo você de sonhos e possibilidades das quais possuem um efeito colateral terrível em seu bolso no mínimo. O grande pecado do homem esta em seu excesso, em nunca se preencher de forma satisfatória, sempre querendo  mais e mais, sempre nos instigamos até perder pelo excesso, vencer pelo cansaço que não nos traz orgulho, uma overdose de coisas que queremos até perder o sentido e não sentir mais prazer. Precisamos de tempo em tudo que fizermos e equilíbrio em todas as situações, porque às vezes, o caminho é melhor e mais prazeroso, nos alimenta, nos move, direciona, ascende algo positivo que muitas vezes é apagado pela chegada, fim, acabam-se os cuidados, os defeitos maravilhosos tornam-se detestáveis e se perde o grande medo da perda por uma overdose de segurança, um excesso de confiança em si mesmo. Não digo que conquistar aquilo que realmente queremos é ruim, pelo contrário, é maravilhoso, mas é nesta hora que precisamos nos afastar daquilo que nos move, emoção, segundo Nit a tragédia é que nos move e mostra nossa capacidade de crescer e enfrentar as dificuldades, mas será sempre preciso que aconteça algo ruim para nos tornarmos “melhores”?

20 de jun de 2011

Que seja...

Fabio Hernandez


E então terminou assim.
Você não cuidou de mim e me perdeu.
Espero que me perder não doa em você. Tenho a impressão de que não dói, exceto por alguma coisa localizada nas proximidades do orgulho e do amor próprio.
Coloquemos assim. Que doa o menos possível.
Você refez sua vida, e eu a minha. É sempre isso, não é?
Qual o ponto em fingirmos que é possível ressuscitar um sentimento morto, uma esperança que se perdeu gota a gota no decorrer dos dias em que estivemos juntos?
Amor já não posso dar. Amizade, não quero dar. Uma vez escrevi que é melhor que seja nada, e não pouco, o que anteriormente foi tudo.
E no entanto numa improvável emergência, e só nessa situação, você sabe que farei o possível para ajudar.
Meus planos já estão em outra direção, e os seus imagino também. Minha semente brotará em outro destino, e já não há nada que possamos fazer em relação a isso.
Aprendemos algumas coisas um com o outro.
Fiquemos com isso, que não é pouco.



14 de jun de 2011

Sonhos...





"As Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!"  


Bob Marley

1 de jun de 2011

Recebi ontem esse email e fiquei realmente chocado, todos culpam os políticos e se esquecem de quem da o poder real a eles somos nós...





O grande parlamentar brasileiro TIRIRICA foi diplomado em 17.12.2010.................
Salário: R$ 26.700,00
Ajuda Custo: R$ 35.053,00
Auxilio Moradia: R$ 3.000,00
Auxilio Gabinete: R$ 60.000,00
Despesa Médica pessoal e familiar: ILIMITADA E INTERNACIONAL (livre escolha de medicos e clinicas).
Telefone Celular: R$ ILIMITADO.
Ainda como bônus anual: R$ (+ 2 salários = 53.400,00)
Passagens e estadia: primeira classe ou executiva sempre
Reuniões no exterior: dois congressos ou equivalente todo ano.
Mensalão: À COMBINAR!!!
Custo médio mensal: R$ 250.000,00
Aposentadoria: total depois de oito anos e com pagamento integral.
Fonte de custeio: NOSSO BOLSO!!!!!!
Dá para chamar ele de palhaço?
Pense bem,............... quem é o palhaço!!!
Não é preciso dizer...