26 de mar de 2013

Não quis consertar os erros, lágrimas o borrariam....

Ainda me lembro do céu negro, nuvens carregadas e eu novamente na chuva,
você não poderia ter me acordado, eu amo a chuva e como ela me toca,
não me acorde,
eu estava sonhando com a minha linda chuva,
acordado, novamente me vejo sozinho,
o sol forte me cega e não mais vejo estrelas em meu céu,
você estava em meu sonho e era mais bela que a noite,
mais bela que a chuva,
mais bela que meu sonho,
me fazia me sentir único,
fazia o céu nos contemplar,
agora fez a noite ir embora,
o sonho acabar,
não tire meu sono,
quero sonhar, quero estar,
quero nosso mundo sem regas, só instâncias,
essa é a linguagem do amor...
e é só pra que sente, saboreia, e enterra em si mesmo para nunca mais ser violado,
não me deixe sozinho no lugar que nos alimenta e nos fortalece,
é como a lágrima que transcende nosso corpo e carrega um pouco de nossa alma,
quero meu céu negro de volta,
quero minhas estrelas de volta,
quero tudo que se torna pequeno perto de vc,
bordando o seu redor,
moldando minha noite á sua espera,
quero vc,
quero dormir novamente e te encontrar em meus braços....


Nenhum comentário: