12 de abr de 2011

Novos rumos...


Vou agradecer a quem quebrou meu braço
pois me obrigou a criar asas e voar.

E quem me cuspiu no olho
sem querer tirou o pó
que não me deixava enxergar.


Marcio Baraldi

Nenhum comentário: